ENERGIA

A ENGECORPS é plenamente qualificada para atender às exigências do setor de energias renováveis de diferentes matrizes energéticas, tanto em território nacional como internacional, por possuir grande experiência em obras de usinas hidrelétricas, pequenas centrais hidrelétricas, usinas eólicas e usinas fotovoltaicas. Além das tradicionais modalidades de projeto, gerenciamento e supervisão de obras, a ENGECORPS ocupa posição de destaque em engenharia do proprietário, estudos de licenciamento ambiental e planos de segurança de barragens. A empresa possui também experiência em estudos de inventários e de repotenciação, em otimização de projetos, em avaliações de patrimônio, comissionamentos e acompanhamento de início de operação.

Usina Hidroelétrica de Cana Brava

Inter American Development Bank

“Local Engineering Firm” - acompanhamento e supervisão das obras de construção da UHE Cana Brava, no Estado do Tocantins, incluindo a inspeção, diligenciamento e acompanhamento da montagem dos equipamentos eletromecânicos. Potência Instalada: 472 MW; Energia Assegurada: 274 MW; Queda Bruta Máxima: 48 m. Barragens de Terra – Margem Esquerda: 308,50 m extensão, 66 m de altura e 1.415.000 m ³ de volume de aterro – Margem Direita: 398,50 m de extensão 53 m de altura e 831.200 m³ de volume de aterro; CCR Margem Direita: 91,30 m de extensão, 54 m de altura e 91.500 m³ de volume de concreto.

Aproveitamento Hidroelétrico de Belo Monte

Norte Energia S.A.

Serviços de Consultoria Técnica de Engenharia do Proprietário do Aproveitamento Hidrelétrico Belo Monte, abrangendo o apoio na certificação dos projetos, no planejamento, no monitoramento e no controle da execução dos bens e serviços fornecidos pelas empresas contratadas para a implantação da obra. A usina hidrelétrica de Belo Monte é um projeto do planejamento energético brasileiro, em implantação no rio Xingu, no Estado do Pará, na região norte do Brasil. Por meio deste empreendimento, o governo acrescentará pouco mais de 11 mil megawatts de capacidade instalada à matriz energética nacional.

UHE’s Foz do Piquiri, Ercilândia, Apertados e Comissário

COPEL - Companhia Paranaense de Energia

Estudos de viabilidade e estudos de EIA-RIMA para quatro usinas hidrelétricas localizadas no curso principal do rio Piquiri, integralmente no Estado do Paraná, denominadas: Foz do Piquiri (93,2 MW), Ercilândia (87,1 MW), Apertados (139 MW) e Comissário (140,0 MW). Foram efetuados todos os levantamentos de campo necessários, bem como os trabalhos de projeto e representação gráfica, incluindo memoriais descritivos, memórias de cálculo, lista de quantidades e preços no padrão ELETROBRÁS, relatório de engenharia e caderno de desenhos individualizados para as quatro UHE. Estes trabalhos obedeceram aos requisitos mínimos exigidos para aceite na ANEEL e demais requisitos complementares especificados pela COPEL.

Aproveitamento Múltiplo Jequitaí I

Companhia de Desenvolvimento dos Vales do Francisco e do Parnaíba-CODEVASF

Inventário Hidrelétrico da Bacia do Rio Jequitaí, atualização do Projeto Executivo do Aproveitamento Múltiplo Jequitaí I, EIA/RIMA do empreendimento, licenciamento ambiental e Projeto Básico Ambiental (PBA), CERTOH e atualização do Planejamento Agrícola. O Aproveitamento Múltiplo Jequitaí I é parte integrante do Projeto Hidroagrícola Jequitaí, localizado no Estado de Minas Gerais, o qual contempla ainda o Aproveitamento Múltiplo Jequitaí II e os Perímetros Públicos Privados de Irrigação, totalizando 35.000 hectares, localizados na região norte-nordeste de Minas Gerais.

PCH’s Cascata das Andorinhas, Saltinho, Pirapó e Guaporé

Rio Grande Energia - RGE

Avaliação técnica e econômica das PCH Cascata das Andorinhas, Saltinho, Pirapó e Guaporé, situadas no Estado do Rio Grande do Sul, com determinação do valor de cada usina, seguida por estudos de modernização e de cálculo da Energia Assegurada e apresentação do desenvolvimento completo da melhor alternativa para as PCH Andorinhas e Guaporé, de forma a submetê-las à aprovação da ANEEL/MME. Adequação e complementação dos estudos de viabilidade para implantação e operação.

Parque Eólico de Tramandaí

EDP Renováveis Brasil S.A.

Projeto Executivo e Acompanhamento Técnico das Obras do Parque Eólico de Tramandaí, situado no Estado do Rio Grande do Sul, com potência instalada de 70 MW, constituído por um total de 35 aerogeradores, com potência nominal de 2,0 MW cada. Foram desenvolvidos os projetos de infra-estrutura civil e elétrica, incluindo subestação e linha de transmissão.

Please reload

© Copyright 2018 Engecorps Engenharia S.A. | Política da Qualidade